Prazos de processos físicos seguem suspensos até 30 de junho no Tribunal do RN

Grupo de trabalho vai atuar na preservação da memória do Judiciário potiguar

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

A Portaria Conjunta nº 31/2020 – TJ, da Presidência do Tribunal de Justiça (TJRN) e da Corregedoria Geral de Justiça, prorrogou a suspensão de prazos de processos físicos no Poder Judiciário do Rio Grande do Norte. De acordo com a medida, fica prorrogada até 30 de junho a suspensão dos prazos processuais de processos físicos.

A medida será revista até o dia 30, no sentido de sua manutenção, alteração ou suspensão. O dispositivo é assinado pelo presidente do Tribunal, desembargador João Rebouças, e pelo corregedor geral de Justiça, desembargador Amaury Moura.

A portaria leva em consideração, entre outros aspectos, a persistência do quadro de emergência em saúde pública envolvendo o novo coronavírus (Covid-19), a demandar a prorrogação das medidas temporárias e urgentes para atendimento a situações pontuais.

Fonte: TJRN

Leia também