Vídeo de reunião de Bolsonaro deve ser entregue em 72 horas

Vídeo de reunião de Bolsonaro deve ser entregue em 72 horas

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Decisão de Celso de Mello

Vídeo de reunião de Bolsonaro com Mourão deve ser entregue em 72 horas

Ceslo de Mello é o relator do inquérito

O ministro do STF Celso de Mello determinou que seja encaminhada cópia “dos registros audiovisuais da reunião realizada entre

o Presidente da República, o Vice-Presidente da República, Ministros

de Estado e Presidentes de bancos públicos, ocorrida no dia 22/04/2020,

no Palácio do Planalto”.

A determinação integra o inquérito 4.831, que investiga as declarações do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, sobre o presidente Jair Bolsonaro. 

A reunião em questão foi citada por Sergio Moro em deu depoimento à Polícia Federal, no último sábado (2/5). Além de Bolsonaro, participaram da reunião o vice-presidente Hamilton Mourão e ministros de estado.

O despacho de Celso de Mello é endereçado a três autoridades: ao ministro chefe da Secretaria-Geral, ao secretário da da Secretaria Especial de Comunicação Social (ambos órgãos da Presidência da República) e ao assessor-chefe da Assessoria Especial do

Presidente da República (Célio Faria Júnior).

O ministro ressaltou que “as autoridades destinatárias de tais ofícios deverão preservar a integridade do conteúdo de referida gravação ambiental (com sinais de áudio e de vídeo), em ordem a impedir que os elementos nela contidos possam ser alterados, modificados ou, até mesmo, suprimidos, eis que mencionada gravação constitui material probatório destinado a instruir, a pedido do Senhor Procurador-Geral da República, procedimento de natureza criminal”.

Clique aqui para ler o despacho

Inquérito 4.831

Revista Consultor Jurídico, 6 de maio de 2020, 8h25

Leia também