Saúde mental, Teletrabalho e Covid-19 são temas de seminário virtual

Saúde mental, Teletrabalho e Covid-19 são temas de seminário virtual

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) têm desenvolvido ações para garantir a saúde mental de seus servidores e assim manter o atendimento a população. No dia 14 de abril foi realizado o primeiro ‘Bate-Papo online: Teletrabalho e isolamento social’, com a psicóloga organizacional, Viviane Zaitum C. Damacena. O evento contou com 76 servidores na sala virtual ouvindo as orientações e também compartilhando suas experiências neste momento de teletrabalho e Covid-19.

“Foi complicada a adaptação ao teletrabalho da forma que foi feita, rápida e inesperada. Importante destacar o momento da Justiça Eleitoral, já que estávamos próximos a eleição suplementar e agora ao fechamento do cadastro eleitoral, situações especiais, próprias da nossa atividade. Tentamos estabelecer a divisão do trabalho que tínhamos no cartório eleitoral, porém a questão da ansiedade é a mais difícil de ser gerenciada. Sentimos falta do ambiente de trabalho”, destacou o chefe de Cartório da 32ª Zona Eleitoral, Valdiney Rondon.

Da 42ª Zona Eleitoral, Gilcelene Bernardes Souza mostrou preocupação com o retorno ao atendimento presencial da população. “Estamos atuando remotamente, porém sempre mantemos a preocupação com essa falta de certeza. Como será quanto ao retorno ao trabalho no Cartório? De que forma poderemos nos proteger quando do retorno ao atendimento presencial?”.

Dúvidas parecidas do chefe de Cartório da 45ª Zona Eleitoral, Fabrício Napoleão. “Existe grande ansiedade com relação a proximidade da eleição, se realmente haverá eleição. É a pergunta que o tempo todo nós recebemos. Existe o receio do trabalho acabar sendo feito de forma atropelada, sem o planejamento necessário para a realização de uma eleição.”

Neste sentido, o diretor geral do TRE-MT, Mauro Diogo, fez suas pontuações durante o Bate-Papo online. “No momento não há como afirmar se teremos ou não a eleição no dia 04 de outubro. Estamos sempre mantendo o diálogo com o TSE, repassando as informações aos servidores. Temos o fechamento do cadastro de eleitores muito próximo, e até a semana que vem teremos respostas sobre os procedimentos que devem ser adotados em âmbito nacional sobre este trabalho. A nossa proposta, dos diretores gerais de TREs, é que o fechamento seja feito remotamente, mantendo o teletrabalho. Seria um risco muito grande abrir o atendimento presencial nos dias 03, 04 e 05 de maio para o fechamento do cadastro. Isso poderia gerar grandes aglomerações com risco para sociedade e para os servidores.”

Para o secretário de Gestão de Pessoas, Valmir Nascimento Milomen Santos, o Bate-Papo online cumpriu com seu objetivo. “Este evento era uma experiência. Precisamos encontrar meios de integrar a equipe, de reinventarmos a forma como trabalhamos neste momento que vivemos. Toda esta novidade não é tão simples, gera ansiedades, dificuldade de conciliar produtividade e harmonia familiar. Estamos estudando novas ferramentas de gerenciamento para manter as equipes conectadas.”

A palestra da psicóloga organizacional, Viviane Zaitum, focou em exemplos de como lidar com as emoções, identificá-las, e melhor atravessar a pandemia do Covid-19. “Podemos realmente desenvolver novas habilidades, o que nos ajuda a enfrentar a crise de melhor forma. O mesmo vale para a prática de exercícios, que liberam endorfina e auxiliam a controlar tensões. É importante que cada servidor trabalhe sua relação com o TRE, que respeite o espaço on-line dos outros, como evitar mandar mensagem fora dos horários de expediente. Vemos que os gestores também estão vivendo adaptações, de como atuar neste momento. Estamos a disposição com o Plantão Psicológico, auxiliando e orientando os servidores que buscarem atendimento.”

Fonte: TRE-MT

Leia também