60 anos de Brasília: TST presta homenagem à cidade que abriga a sede da Justiça do Trabalho

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Em quatro quadros, alguns dos principais monumentos da capital federal surgem desenhados no edifício-sede do Tribunal, numa alusão às histórias que se entrelaçam. 

Em tom de celebração e agradecimento, o perfil oficial do TST no Instagram publica nesta terça-feira (21) uma homenagem aos 60 anos de Brasília, cidade que, desde 1971, abriga a sede maior da Justiça do Trabalho. Em quatro quadros, alguns dos principais monumentos da capital federal surgem desenhados no edifício-sede do Tribunal, numa alusão às histórias que se entrelaçam. 

“O Tribunal Superior do Trabalho compartilha das comemorações pelo aniversário de Brasília, registrando o simbolismo de a instância máxima da Justiça do Trabalho estar no centro do país, para onde convergem as pessoas e as forças produtivas oriundas dos diversos Estados da Federação”, afirma a ministra Maria Cristina Peduzzi, presidente do TST.

Em 1971, a sede do TST foi transferida para Brasília, na Praça dos Tribunais Superiores. Em 2006, passou a ocupar a obra arquitetônica de Oscar Niemeyer localizada no Setor de Administração Federal Sul. Além de ter o DNA de um dos idealizadores da cidade, o atual edifício-sede também abriga painéis de outro brasileiro que assina a estética de Brasília: Athos Bulcão.

 

Outros símbolos da capital federal transcendem o concreto e cercam o Tribunal. Ipês brancos e amarelos florescem em setembro e, em contraste com o céu azul sem nuvens da cidade no período da seca, compõem uma paisagem única.

Todos esses traços, vegetação e histórias que se misturam são motivos de celebração neste dia em que Brasília completa seis décadas de existência no coração do Planalto Central. Quando o isolamento social acabar, não deixe de participar gratuitamente das visitas guiadas ao TST, aos sábados. O agendamento só é necessário para grupos e pode ser feito pelo telefone (61) 3043-4939.

$(‘#lightbox-cjna_ .slider-gallery-wrapper img’).hover(
function() {
const $text=$($($(this).parent()).next());
$text.hasClass(‘inside-description’) && $text.fadeTo( “slow” , 0);
}, function() {
const $text=$($($(this).parent()).next());
$text.hasClass(‘inside-description’) && $text.fadeTo( “slow” , 1);
}
);
$(document).ready(function() {
var cjna_autoplaying=false;
var cjna_showingLightbox=false;
const cjna_playPauseControllers=”#slider-cjna_-playpause, #slider-cjna_-lightbox-playpause”;
$(“#slider-cjna_”).slick({
slidesToShow: 1,
slidesToScroll: 1,
autoplay: cjna_autoplaying,
swipeToSlide: false,
centerMode: false,
autoplaySpeed: 3000,
focusOnSelect: true,
prevArrow:
‘,
nextArrow:
‘,
centerPadding: “60px”,
responsive: [
{
breakpoint: 767.98,
settings: {
slidesToShow: 3,
adaptiveHeight: true
}
}
]
});
$(“#slider-cjna_”).slickLightbox({
src: ‘src’,
itemSelector: ‘.galery-image .multimidia-wrapper img’,
caption:’caption’
});
});

Leia também